O Hapkido é uma Arte Marcial de defesa pessoal coreana criada pelo Grande Mestre JI HAN JAE, surgida da junção de Artes Marciais Japonesas e Coreanas. Daí se explica a sua variedade de pontapés baixos à altura da canela até aos pontapés aéreos, projecções, luxações, varrimentos, imobilizações e luta no solo. Possui também inúmeras armas, variando desde bastões diversos até espadas, como a Katana japonesa. Uma arma muito utilizada é a bengala.

O Hapkido é uma arte marcial relativamente nova, mas com antigas raízes. É composta de técnicas suaves e duras, utilizando movimentos circulares, pontapés, socos, quedas, técnicas de desequilibrar o oponente, arremessar e redirecionar a energia em vantagem do praticante.

Traçar a história do Hapkido não é uma tarefa fácil, pois há influências de Mestres e praticantes e várias versões da história. Tentemos no entanto, mostrar a trajetória do Hapkido da forma mais imparcial possível.

O Grande Mestre Choi Young Sul, nasceu no ano 1904 em Chung Buk, uma província Coreana, e tornou-se órfão muito jovem. Foi levado para o Japão por um homem que ganhava a vida a fazer doces, que o abandonou mais tarde. Choi transformou-se numa criança de rua que mendigava para sobreviver e frequentemente se envolvia em brigas com outras crianças.

Aos sete anos de idade foi adotado. Conta-se que Choi não foi adotado como filho mas sim como servo, não havendo contudo comprovativos sobre esses fatos. Constam dois nomes nos registos do Mestre Choi. O primeiro, YOSHIDA ASAO dado pela pessoa que o levou para o Japão. Posteriormente, foi registrado como YOSHIDA TATUJUTU por SOKAKU TAKEDA (1860 - 1943), o 32º patriarca do Dayto - Ryu Aikijujutsu (clã japonês de Samurais).

YOSHIDA (GM Choi) foi aluno de TAKEDA durante cerca de 30 anos, tendo como colega de treino o Mestre MORIHEI UESHIBA, fundador do Aikido. Daí a semelhança entre o Aikido e o Hapkido.

Ao terminar a II Grande Guerra e após o fim da ocupação da Coréia pelos japoneses, Yoshida (GM Choi) retornou à Coréia, no Inverno de 1945, logo depois da morte de Sokaku Takeda, onde voltou a usar novamente o nome de CHOI YOUNG SOOL.


No caminho de volta para casa em Chung-Buk, GM Choi perdeu a sua mala que continha algum dinheiro e os certificados que tinha recebido do Mestre Takeda. Novamente sem dinheiro, GM Choi foi forçado a ganhar a vida nas ruas, mas agora tinha uma família para sustentar. Após um ano vendendo bolos de arroz, ele conseguiu dinheiro suficiente para comprar alguns porcos, os quais alimentava com restos de grãos adquiridos numa cervejaria, a Suh Brewery Company. Um dia durante uma das visitas matinais à cervejaria, um grupo de homens tentou roubar o seu lugar na fila de distribuição de grãos. Quando esses homens o tentaram agredir, ele tomou uma postura de defesa muito estranha. Quem o rodeava ficou sem coragem para reagir, não tendo havido então qualquer briga.

      Grande Mestre SUH BOK SUP, proprietário da cervejaria, testemunhou o acontecimento e mandou o seu servo chamar o Grande Mestre Choi ao seu escritório. GM Suh era cinturão negro de Judô e ficou muito surpreso com o que acabava de assistir, perguntando a GM Choi que estilo treinava. GM Choi respondeu que tinha treinado no Japão e que a arte se chamava YAMARA. GM Suh pediu-lhe então que lhe ensinasse essa estranha arte marcial que tinha presenciado. A primeira reação do GM Choi foi recusar o ensino. Mas depois com o receio de perder a sua cota de grão, e tendo o GM Suh oferecido também grãos e dinheiro, acabou por aceitar o convite. Assim, passou a treinar no seu Dojang (Ginásio) privado, nos escritórios da cervejaria e a ensinar outros alunos.

      GM Choi de início chamou sua arte de YAWARA (pronuncia coreana para Jiu Jitsu) e começou a alterar a arte que tinha aprendido com o Mestre Takeda, adicionando técnicas de pontapés baixos e armas. Durante a sua vida alterou o nome da sua arte várias vezes. Entre outros nomes ele usou: YU SUL (Arte Suave), YU KWON SUL (Arte das mãos suaves).

      Mais tarde o seu 1º aluno, o GM SUH BOK SUP alterou o nome para HAPKIYUKWONSUL e depois para HAPKIYUSUL. Assim, GM Suh e GM Choi continuaram a treinar juntos e a fazerem demonstrações pela Coréia durante vários anos.
      Em 1951, GM Suh e GM Choi abriram um ginásio fora da cervejaria ao qual deram o nome de "Yu Kwon Sul Hap Ki Dojang".

Suh Bok Sup Dojang ensinou a Kim Moo Hyun. Segundo Suh Bok Sup, Kim Moo Hyun criou o Hapkido pontapés. Kim Moo Hyun tinha aprendido esses chutes em vários templos da Coréia, ele teve um contato muito próximo da GM Ji Han-Jae e ficou algum tempo na GM Ji Han-Jae Dojang em Seul.

      Um dos estudantes graduados de Choi, Grande Mestre JI HAN JAE, alterou o sistema aprendido com o seu Mestre, colocando pontapés a nível médio, alto e com salto, dando-lhe o nome de HAPKIDO.
      O GM Ji Han Jae ofereceu ao GM Choi Young Sul (1904 - 1986) a presidência da sua associação, a Korea Kido Association por respeito ao seu mestre.

      GM Ji Han Jae foi o maior divulgador do Hapkido, principalmente no ocidente, quando levou o Hapkido para o cinema ao atuar com o lendário BRUCE LEE no filme O Jogo da Morte.



Cena do filme O Jogo da Morte


Atualmente existem muitas organizações de Hapkido. Com o afastamento gradual do GM Choi do Hapkido e sua posterior morte, seus principais alunos começaram a desenvolver estilos próprios, mas tendo como base os ensinamentos do GM Choi e enfatizando determinados princípios e conceitos pessoais.