Conta a lenda que a ave phoenix ateia fogo em si mesma para que haja um renascimento de outra ave ainda mais bela e forte. Pois dessa forma surgiu a Associação Phoenix. O mestre Crisólito Assis, após ter sofrido seqüenciadas decepções com situações e pessoas que ele pensava estarem do seu lado e se descobrir sozinho decidiu não baixar a cabeça e tomou a iniciativa de recomeçar a sua trajetória no hapkido do zero, apesar de sua vasta experiência de 15 anos de ensino da arte. Mestre Crisólito correu atrás e conseguiu dentro de todos os meios legais fundar a sua associação e fazer o que mais ama: ensinar hapkido. Para tal feito ele teve vários significativos apoios na sua trajetória, em especial a ajuda do grande Mestre José Simões, que representa muito bem o hapkido em todo o mundo, além de ter oferecido ajuda no momento de mais precisão, ajuda essa que fez e faz a diferença até hoje.
Mestre Crisólito também obteve um grande auxilio da profissão que escolheu, pois tendo se graduado em Educação Física, conseguiu conciliar seus conhecimentos da arte e da profissão alcançando grande êxito na arte de lecionar.
Dessa forma a partir de abril do ano de 2008 a Associação foi crescendo amadurecendo e evoluindo.
Através da Associação o mestre Crisólito teve também a genial iniciativa de lecionar aos deficientes visuais. Através do Centro de Apoio Pedagógico aos deficientes visuais (CAP), ele iniciou esse trabalho que já completou um oito anos de muito sucesso, superação e muitas conquistas.
Atualmente a Associação conta com dezenas de alunos, muitos títulos estaduais, nacionais e mundiais, mas principalmente: busca sempre estar contribuindo para a evolução e união dessa nobre arte que é o hapkido, pois conhecimento trocado é conhecimento somado!

“Mestre não é aquele que aprendeu a ensinar, mas aquele que ensina a aprender.” Marcelo Soriano.

"Nascer, morrer, renascer ainda, progredir sempre, tal é a Lei."
Alan Kardec